SINOPSE

Ocorrência Acidental é a história de duas vidas que convergem. Maxi e Hal são dois homens com vidas muito diferentes. Maxi é um jovem que leva uma vida arriscada. Acaba de começar  sua carreira no mundo do crime, mas ainda não é muito bom nisso. Hal, por sua vez, é um feliz senhor aposentado, que mora com sua filha nos arredores de uma cidade com um alto índice de criminalidade. Hal construiu com sucesso uma pequena empresa, administrada atualmente por sua filha, que fabrica travas de segurança para portas.

Todas as ações que os dois homens levam a cabo nesse dia, e em todos os dias anteriores, os dirigem a um momento de conexão único, um instante perfeitamente sincronizado, que mudará suas vidas para sempre. Ocorrência Acidental explora a trajetória do tempo em que os incidentes ocorrem e uma série de eventos que misturam e combinam duas vidas num único espaço de tempo. Poderia uma mudança qualquer nas ações de Harold e Maxi, nesse dia ou no passado, alterar o momento em que ambos coincidiriam? A exploração da temporalidade neste filme também se manifesta através da apresentação dos eventos vividos pelos personagens a partir de diferentes perspectivas. Ocorrência Acidental oferece incontáveis intersecções e uma infinidade de pontos de entrada rumo a uma cronologia tragicamente finita.

CONSTRUÇÃO MODULAR

Ocorrência Acidental é um curta-metragem modular.

O filme foi realizado tomando-se em conta que será apresentado num computador, onde as regras das mídias analógicas tradicionais não são obedecidas. Neste filme, cada cena é única, já que um programa de computador constrói e gera cada versão de Ocorrência Acidental exatamente antes de que seja vista. O programa segue uma série de algoritmos, trajetórias combinatórias e aleatoriedade para apresentar sequências sempre cambiantes onde o áudio, a música e os elementos visuais da história se misturam perfeitamente.

Ocorrência Acidental demonstra que o uso de métodos modulares para a criação de cinema não só é tecnicamente possível, como também enriquecedor em termos artísticos. Além de apresentar a história em inumeráveis e diferentes maneiras, sua modularidade oferece aos espectadores a possibilidade de determinar e alterar múltiplos aspectos da experiência cinematográfica.  A história de Ocorrência Acidental é simples, mas o método modular permite aos espectadores expandir ou contrair a duração do curta-metragem, que pode ir de 5 a 70 minutos. O programa determina que partes da história poderão ser apresentadas na quantidade de tempo estabelecida.

Além de poder mudar a duração do filme (vide nossa página principal), o método modular utilizado neste curta-metragem permite alterá-lo de outras maneiras. Por exemplo, os espectadores podem modificar o tempo dedicado a uma personagem ou mudar a edição para incluir ou excluir sequências premonitórias. A variabilidade controlada que Ocorrência Acidental oferece se converte em múltiplas formas de edição do filme. Todas as versões do filme associadas à nossa página principal foram pré-apresentadas e carregadas anteriormente no YouTube. 

No entanto, o programa e os meios incluídos na unidade USB de Ocorrência Acidental produzem rapidamente novas versões, baseadas nos parâmetros estabelecidos pelo usuário. Podem-se obter muitos benefícios na apresentação do filme num computador, já que sua edição se dá através da programação. Nosso projeto anterior, A Space of Time, nos deu lições importantes sobre os desafios e as oportunidades deste tipo de trabalho em hipermídia. Para quem pertence à academia e tem seu campo de trabalho relacionado com os meios digitais, é possível que essa informação extra seja de interesse.

Ocorrência Acidental é um  novo passo na emocionante trajetória da imaginação, descoberta e criação do cinema modular, que nos aproxima cada vez mais do potencial verdadeiro da utilização da programação para editar narrativas audiovisuais.

PRODUÇÃO

Diego Bonilla

Conceito, Roteiro, Produção, Direção, Edição e Programação

John Mannion

Direção de Fotografia

Sarah Pickett

Composição Musical e Design de Som

Chema Salinas

Produção de Som no Site e Trilha Sonora

Sean Hovendick

Fotografia Adicional

Stephan Eichhorn

Programação Adicional

Michael Karpeev

Efeitos Especiais

Jared Landberg

Localização da Gestão da Produção

Agradecimentos especiais para Bob e Jane Pickett, Penny Beile, Anne Neville-Bonilla, Eric Stanist, Fowler Custom Homes e Gábor Damásdi

ATORES

Darian Sundberg - Maxi

Gary Voegle - Hal

Sarah Pickett - Emma

Jack Gargaro - Bandido 1

Hilal Bahr - Bandido 2

Sarah Galvin - Julia